terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Centenário dos Bombeiros Voluntários Lisbonenses

Os Bombeiros Voluntários Lisbonenses, sediados na Rua Camilo Castelo Branco, 33 comemoram o seu primeiro Centenário no passado dia 12 de Dezembro tendo emitido um selo e um carimbo comemorativo.


O selo reproduz a capa do livro "Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Lisbonenses - Cem Anos". O veículo visível na capa é um pronto-socorro Délahayé, de 1921, cognominado de "Catarina" e que se encontra actualmente no Museu do Caramulo.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Fortaleza de São João Baptista (Angra do Heroísmo)

A Fortaleza de São João Baptista, conhecida também como Fortaleza do Monte Brasil (nome do istmo onde está implantada), foi construída durante a dinastia Filipina ( 1580-1640) na sequência da conquista da ilha Terceira pelas tropas espanholas e, nessa época, foi designada por Fortaleza de São Filipe em homenagem ao monarca espanhol que a mandou construir.

Quando da Restauração da Independência em Portugal (1640) as tropas espanholas resistiram nela, durante 11 meses, ao cerco que as tropas portuguesas lhe impuseram. Só a partir dessa data é que a Fortaleza foi colocada sob a invocação de São João Baptista em homenagem a D. João IV, o Restaurador.

Foi nesta Fortaleza que esteve preso o régulo Gungunhana (1896-1906). No decorrer do século XX serviu de "Depósito de Concentrados" entre 1916/19, onde eram obrigados a permanecer os súbditos alemães. Em 1933, algumas das suas dependências serviram de presídio militar e, em 1943, o "Depósito de Presos de Angra".

Actualmente encontra-se nela sediado o histórico Regimento de Guarnição Nº 1 .


Forte de São Brás (Ponta Delgada)

O Forte de São Brás foi construído no século XVI para defesa dos contra ataques de piratas e corsários que assolavam a ilha, tendo-se iniciado as obras em 1551, no reinado de D. João III. Quando em 1582, em resultado da armada do Prior do Crato ter sido derrotada pela armada espanhola, o Forte foi ocupado e passou a ser  guarnecido pelos espanhóis que registaram: "El Castilho es una muy Ruyn fuerça (…)". Como diz o ditado: "Quem torto nasce, tarde ou nunca se endireita". De facto o Forte entrou em processo de decadência em meados do século XVII.

Actualmente é neste Forte que se encontra sediado, desde a década de 40 do século passado, o Comando da Zona Militar dos Açores e que, desde 1999, alberga também o Museu Militar dos Açores.

O Cavalinho rampante

Como suponho que sabem o cavalo negro empinado, em fundo amarelo, é o emblema da célebre marca de automóveis Ferrari. Ora em Portugal há quem os tenha e o filatelize para mais tarde recordar, parafraseando um célebre anúncio.



Eis um Ferrari Dino, vermelho como é apanágio da marca, e que constituiu um modelo fabricado entre 1968 e 1976.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

As 7 Maravilhas de Ponta Delgada

As novas "7 Maravilhas do Mundo Moderno", cuja selecção final teve lugar em Lisboa em 2007, e a selecção das "7 Maravilhas de Portugal" na mesma data,  foi o mote para açoreano Dr. José de Almeida Mello, dar estampa, em 2009, ao livro "Ponta Delgada - 7 Maravilhas". Contrariamente às 7 Maravilhas de âmbito Mundial e Nacional, que foram seleccionadas por votação, estas 7 Maravilhas, restritas a Ponta Delgada, são da única e exclusiva responsabilidade do autor do livro. Na 2ª edição, em 2010, o livro veio acompanhado de 7 selos personalizados cada um correspondente a uma das Maravilhas escolhidas.



De cima para baixo e da esquerda para a direita temos:
  • Arquitectura - Igreja de São Sebastião  ou Igreja Matriz de Ponta Delgada
  • Estatutária - Imagem do Senhor Santo Cristo, encontra-se na capela-mor do Santuário da Esperança, e foi uma oferta do Papa Paulo III a 2 micaelenses que tinham ido a Roma pedir uma bula para construção de um mosteiro.
  • Pintura - Tábuas da Coroação da Virgem, de autoria de Vasco Pereira Lusitano que viveu entre os séculos XVI e XVII, encontram-se no Museu Carlos Machado, no Núcleo de Arte Sacra.
  • Azulejos - Natividade e Paixão, é um painel datado de 1712 e de autoria de António de Oliveira Bernardes, que se encontra no coro baixo do Convento de Nossa Senhora da Esperança.
  • Retábulo - Altar-Mor da Igreja Todos-os-Santos ou do Colégio é datado do século XVIII. É considerado o maior monumento em madeira existente em Portugal.
  • Ourivesaria - Resplendor do Senhor Santo Cristo, é uma jóia datada do século XVIII e que se encontra no Convento da Nossa Senhora da Esperança. Possui um peso de 4,25 Kg e 6842 pedras naturais.
  • Jardins - Jardim de Sant'Ana ou Jardim de Jácome Correia foi fundado em meados do século XIX e ornamenta o Palácio do mesmo nome e que foi residência da família do Marquês de Jácome Correia.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Dia do Selo 2010, em Braga

Ligeiramente mais a norte também Braga comemorou o Dia do Selo com a emissão de um selo e um carimbo comemorativo.

O selo ilustra a Ponte do Porto ( ou Prozelo), uma ponte românica que atravessa o rio Cávado entre os concelhos de Braga e Amares. Desde 1910 que é considerada Monumento Nacional.

Dia do Selo 2010, em V.N. de Gaia

O Clube de Coleccionadores de Gaia comemorou o Dia do Selo ( 1º de Dezembro) com a emissão de um carimbo comemorativo e de um selo que reproduz um painel de azulejos da Igreja Matriz de Vilar do Paraíso cujo autor é o Pintor Joaquim Lopes.

Procissão de Nossa Senhora da Burrinha

A paróquia de S. Vitor (Braga) organiza anualmente esta procissão no decorrer da Semana Santa. Este ano teve lugar no dia 31 de Março e movimentou 1200 participantes , 800 dos quais como figurantes de 22 quadros bíblicos.
A procissão deve o seu nome à imagem da Virgem Santíssima que monta um frágil burrinho.

Comandos ( 3ª série )

No âmbito das comemorações do 35º Aniversário do 25 de Novembro foi emitido pelo Centro de Tropas  Comandos a 3ª série de selos constituída por 9 selos relativos aos Centros de Instrução existentes no passado e no presente. Assim:

1) 1962 - 1965 - Zemba - Angola
2) 1963 - 1965 - Quibala - Angola
3) 1965 - 1974 - Lamego - Portugal
4) 1964 - 1965 - Brá/Bissau - Guiné
5) 1969 - 1975 - Montepuez - Moçambique
6) 1975 - 1996 - Amadora - Portugal
7) 2002 - 2006 - Serra da Carregueira - Portugal
8) 2006 - 2008 - Mafra - Portugal
9) Desde Fevereiro de 2008 - Regresso à Serra da Carregueira - Portugal

Os Soldados da Paz

Algumas das diversas Corporações de Bombeiros de Portugal têm utilizado os selos como forma de comemorarem os aniversários. Para além dos já apresentados anteriormente temos a registar ainda os seguintes:

1) 50 Anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Douro



2) 75º Aniversário dos Bombeiros Voluntários de Odemira


quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Diogo Cândido de Macedo, Escultor

Diogo Cândido de Macedo nasceu em Mafamude ( V.N. Gaia) em 22 de Novembro de 1889. Ingressou precocemente na Academia Portuense de Belas Artes em 1902 ( com 13 anos!) tendo concluído o curso de Escultura em 1911.
De 1939 a 1940 executou "Tejo" e as quatro "Tágides" para a Fonte Monumental da Alameda Afonso Henriques mais conhecida por Fonte Luminosa. Em 1944 foi convidado para dirigir o Museu de Arte Contemporânea (actual Museu do Chiado) cargo que manteve até ao final da vida. Faleceu na sua residência, em Lisboa, aos 19 de Fevereiro de 1959.

A Escola ES/3 Diogo de Macedo, que o tem como patrono, decidiu homenagear o seu 121º aniversário com a emissão de um selo personalizado.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"O futuro dos CTT é o nosso futuro"

As chefias da Direcção Regional dos Açores, dos CTT, reuniram-se na ilha da Graciosa (Açores) para discutirem o futuro. O lema escolhido retrata bem a sua preocupação quanto ao futuro tendo como perspectiva a privatização dos CTT.
Julgo que será uma má opção. Não se compreende porque uma empresa pública e que dá lucro deve ser privatizada. Apenas para diminuir o défice? Vão-se os anéis mas fiquem os dedos? 
E os portugueses, os clientes, não terão uma palavra a dizer? Não sendo perfeita é uma das empresas nacionais que presta um serviço importante e com qualidade. A ser privatizada, a exemplo do que se passa nos países que seguiram essa via, só irá piorar.

O selo mostra um típico moinho de vento do estilo holandês, ex-libris da Graciosa, com os seus telhados vermelhos em forma de cebola. Actualmente alguns deles podem ser alugados para períodos de férias.

500 Anos da Vila do Topo (Açores)

Topo, situada na ilha de São Jorge, foi promovida a Vila em 12 de Setembro de 1510 tendo sido uma das capitais das ilhas que, contudo, por falta de meios de desenvolvimento perdeu a sua importância. Em 1 de Abril de 1870 o concelho foi extinto e integrado no concelho da Calheta. Os seus habitantes nunca se conformaram com a perda de estatuto e sempre usaram o termo de Vila para a nomear. De tal modo a designação está enraizada que em 24 de Junho de 2003 um Decreto Regional reconhece novamente o seu estatuto sendo actualmente a 3ª Vila da ilha.

No selo vê-se ainda o Ilhéu do Topo, classificado de Zona de Reserva Especial, e serve de zona de pastoreio aos ovinos e caprinos.

De referir ainda que devido à dificuldade de travessia da Serra do Topo para a Calheta, os seus habitantes tiveram, durante séculos, relações preferenciais com os vizinhos da ilha Terceira através do seu porto.

sábado, 20 de novembro de 2010

O Busto da República "Açoreano" com impressão deslocada

Em Outubro, o Núcleo Filatélico de Angra do Heroísmo (NFAH) emitiu um selo comemorativo com o Busto da  República. Nada de especial haveria a assinalar não se desse o caso da impressão ter sido feita de tal modo deslocada que a legenda vertical direita "imp. CTT 2010" ficou fora do selo conforme se pode ver na imagem seguinte, altamente contrastada. Aliás a tarifa - N20grs - fica também com o "s" fora do selo.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

José Nunes da Ponte (1849 - 1924 )

 O 3º selo da série da CM Ribeira Grande, emitido em 4 de Outubro, foi dedicado a José Nunes da Ponte, uma figura de grande importância durante a República no Continente. Licenciou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra, tendo exercido a profissão no Porto onde chegou também a ser Presidente da Câmara.

Manuel Raposo Marques

Para este ano a Câmara Municipal de Ribeira Grande  programou a emissão de 4 selos que homenageassem ilustres Ribeiragrandenses.

Em 7 de Setembro, o 2º selo da série, foi dedicado a Manuel Raposo Marques, ilustre Maestro do Orfeão Académico de Coimbra.


Herança Judaica da Guarda, em 19 de Outubro de 2010


Para a comemoração deste evento foi emitida uma Carteira constituída por 4 selos para além de um carimbo comemorativo que reproduz o selo da direita.

Dia Mundial da Poupança

A exemplo do ano passado os CTT voltaram a comemorar o Dia Mundial da Poupança ( 2 de Novembro) com a emissão deste FDC cujo selo simula uma técnica do Judo, onde o princípio base é a de cedência à força do adversário para o desequilibrar, controlar e vencer com um mínimo de esforço.

Lamenta-se que os CTT não disponibilizem para venda apenas o selo. Como é sabido os envelopes ocupam demasiado espaço nos álbuns...

Portaria 1177/2010 de 16 de Novembro

A Portaria nº 1177/2010 veio alterar as características dos selos personalizados no que se refere ao tipo de papel e ao denteado.


O selo, que até agora era auto-colante e possuía um picotado 13 3/4, pode passar a ser produzido em papel gomado e com picotado 11 3/4.

Aguardemos pois pelas novidades.

Gala António Luís Gomes

Em 6 de Novembro realizou-se em Coimbra a Gala António Luís Gomes destinada a galardoar o trabalho desenvolvido pelas Secções Culturais da Associação Académica de Coimbra. Para comemorar este evento a Secção Filatélica, cujo Director recebeu o Prémio "Dedicação", emitiu o seu primeiro selo personalizado.







De referir que António Luís Gomes foi o primeiro Presidente da A.A.C., entre 1887 e 1890.
Nasceu no Porto, em 23 de Setembro de 1863, e licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra em 1890.

 

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

4º Troféu Comendador Dias Ferreira

De 23 a 30 de Outubro teve lugar na biblioteca da Junta de Freguesia dos Anjos mais um Troféu do Clube Filatélico de Portugal. Enquanto nos anos anteriores este troféu realizava Mostras trimestrais donde saiam os candidatos finalistas para a escolha da melhor colecção, desta vez a Mostra esteve patente ao público durante uma semana, cujos votos permitiram a classificação das 59 colecções presentes.

Logo no dia da abertura foi emitido um selo comemorativo do evento que acumulou com a comemoração do 67º Aniversário do Clube, nascido a 27 de Outubro de 1943.

Selo de taxa 0,60 €

Hoje tive a agradável surpresa de receber a oferta deste selo, já emitido em 2009, e de taxa 0,60 €.
O selo encontra-se em carta embora não tenha sido obliterado.

Esta taxa pode ser utilizada em duas situações distintas, a saber:
1) Correio de 20 até 50 g, formato não normalizado;
2) Correio de 50 a 100 g, formato normalizado.

Sendo proveniente de uma corretora de seguros provavelmente será uma taxa bastante usada na correspondência para envio das apólices.

Nota: Se alguém entendido me ajudar a identificar a espécie da árvore agradeço.

Selos Personalizados com variantes

Pensava ser difícil encontrar neste tipo de selos variantes atendendo às baixas tiragens, quando comparadas com as centenas de milhares das séries comemorativas, para não falar nas séries base. Mas a realidade surpreendeu-me. O olho de lince do nosso amigo A.Palma descobriu uma deslocação de denteado no selo comemorativo do IX Encontro do SP.



Na imagem mostram-se as margens de 2 selos. No da esquerda a margem será "normal", embora não seja simétrica. Mas no selo da direita há uma deslocação nítida para a direita de tal modo que a legenda vertical "imp CTT 2010" se situa exactamente no limite do denteado. Uma folha (?) que se posicionou mal e voilá... a variante.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Boletineiro

Boletineiro era o distribuidor de telegramas e de boletins.
Com a chancela de qualidade do Clube Nacional de Maximafilia foram emitidos, no passado dia 9 de Outubro, 2 selos que homenageiam estes profissionais da 1ª metade do século passado:


IX Encontro do Fórum www.selos-postais.com

Aquando da Exposição Mundial de Filatelia - Portugal 2010 no Parque das Nações (Lisboa), de 1 a 10 de Outubro, realizou-se o IX Encontro deste Fórum filatélico com a emissão do selo e carimbo comemorativo. Realizou-se também um almoço de confraternização com um elevado nº de participantes.




Miradouro de Casal de Loivos e o Rio Pinhão



O rio Pinhão nasce na aldeia de Raiz do Monte, na freguesia de Mina de Jales (concelho de Alijó) e desagua no rio Douro na vila do mesmo nome, Pinhão.
Este selo mostra exactamente a foz do rio Pinhão vista do Miradouro de Casal de Loivos (Altitude = 430 m) e considerada uma das paisagens mais bonitas do Mundo pela BBC de Londres.
Obrigado Victor.

sábado, 16 de outubro de 2010

Bicentenário da Batalha do Bussaco

Seguindo o exemplo da Câmara Municipal de Almeida, também a Câmara da Mealhada se associou às comemorações da Guerra Peninsular tendo comemorado, no passado dia 27 de Setembro, a Batalha do Buçaco com a emissão de 4 selos todos de porte N20grs.
A Batalha do Buçaco integrou-se na 3ª Invasão Francesa comandada pelo Marechal Massena. O exército anglo-luso era comandado pelo 1º Duque de Wellington, Arthur Wellesley. 

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Bicentenário da Batalha do Côa/Cerco de Almeida

Eis mais um bom exemplo em como os selos personalizados poderão enriquecer as colecções temáticas, neste caso, ligadas à História de Portugal e às Invasões Francesas.
A Câmara Municipal de Almeida emitiu em 26 de Agosto uma carteira constituída por 6 selos que ilustram este acontecimento histórico cuja capa e verso da capa se apresentam seguidamente.





Para além dos 6 selos que constituem a carteira foi emitido um FDC com o carimbo comemorativo e um 7º selo diferente dos restantes.


terça-feira, 31 de agosto de 2010

Comandos ( 3ª série ???)

Desta vez estamos perante um único selo evocativo do 30º Curso Comandos, em Angola.
Embora apenas com um único selo será a 3ª série?


domingo, 29 de agosto de 2010

70º Congresso da Federação Internacional de Farmacêutica

Teve lugar hoje, 29 de Agosto de 2010, a sessão de abertura do 70º Congresso da F.I.P. ( International Pharmaceutical Federation ) na FIL, em Lisboa, e que se prolongará até ao dia 2 de Setembro.

Foi emitido este carimbo comemorativo e o selo com o Logo do Congresso.




Nota: Não confundir esta F.I.P. ( 'P' the Pharmaceutical ) com a outra F.I.P. ( Fedération International de Philatélie ) que também fará o seu 71º Congresso em Lisboa no dia 10 de Outubro ( dia de encerramento da Exposição Mundial de Filatelia - Portugal 2010 ) e no mesmo local.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Dia da Marinha, na Horta (Faial)

Para comemorar o Dia da Marinha, que teve lugar entre 15 e 23 de Maio, foi emitido este selo pela Capitania do porto da Horta cujo edifício é reproduzido no selo.


O CNM e o Desporto

O Clube Nacional de Maximafilia não se esqueceu das modalidades desportivas com menor impacto mediático na população portuguesa e daí emitiu para os seus associados um selo  relativo ao XADREZ e outro ao SNOOKER.


Belo tempo em que ainda havia mesas de snooker, e de bilhar, em muitos cafés de Lisboa. Agora não conheço nenhum embora haja alguns (poucos) com o "sucedâneo" Pool. Será por falta de espaço para as mesas maiores?

"A República na Cartofilia" e "Cartogaya 2010"

Terminou hoje, em Vila Nova de Gaia, o maior certame de Postais Ilustrados organizado pelo Clube de Coleccionadores de Gaia. No dia da inauguração, a 6 de Agosto, foi emitido este selo cujo motivo foi a República e os Postais Ilustrados.


Comandos ( 2ª série )

Em 29 de Junho do corrente ano os Comandos, no âmbito das comemorações do seu 48º aniversário, emitiram uma  2ª série de 6 selos subordinado ao tema: "Os Teatros de Operações dos Comandos":
Angola / Moçambique / Guiné / Timor / Portugal / Afeganistão.

Comandos ( 1ª série)

Em 25 de Novembro de 2009 os Comandos emitiram uma série de 4 selos comemorativos do 25 de Novembro de 1975 representando cada um deles um dos principais teatros de operação, respectivamente:
  • Posto de Comando
  • 1ª Missão: Monsanto
  • 2ª Missão: Belém
  • 3ªMissão: Ajuda

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Projecto "Escola Mais Verde"

Os alunos da EB1 de Figueira do Lorvão (Penacova) terminaram o ano lectivo 2009/2010 com a emissão deste selo alusivo à Protecção do Ambiente. Como diz o ditado: " De pequenino é que se torce o pepino". Façamos votos para que os nossos filhos, netos e bisnetos cuidem melhor do Planeta.

As Igrejas da Freguesia da Sé em Angra do Heroísmo

Dos Açores e, mais propriamente da ilha Terceira, recebi mais 3 selos todos dedicados às belíssimas igrejas da freguesia da Sé (Angra do Heroísmo).

A segunda mais antiga é a Igreja Nossa Senhora do Carmo também conhecida por Igreja do Colégio ou Igreja dos Jesuítas e data de 1651.




Em 1746 foi consagrada a Igreja da Misericórdia, que se encontra implantada onde foi fundado o 1º hospital dos Açores.




Finalmente a Igreja do Santíssimo Salvador da Sé, que sendo a mais antiga cuja 1ª pedra foi lançada em 1570, teve vicissitudes várias ao longo dos séculos tendo sido destruída pelo terramoto de 1 de Janeiro de 1980 e, depois, ainda sofreu um incêndio devastador em Setembro de 1983.



A prática do REMO em Cacia

Uma oferta de um amigo.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Clube de Futebol "OS BONJOANENSES"

"Os Bonjoanenses", de Faro, comemoraram o seu 75º Aniversário tendo emitido um selo que divulga as outras modalidades desportivas já que o futebol ficou pelo caminho. Começaram por ser a 24ª filial do Clube de Belém como o seu emblema o mostra bem. Os nossos parabéns aos "Os Bonjoanenses" e muitos anos de vida.